terça-feira, 27 de março de 2012

A árvore como vida.

A nossa vida é como uma árvore. Nós não escolhemos onde somos plantados, nem como somos cuidados.

Estava eu sentado no quintal de minha casa numa tarde nublada. Ventava bem fraco... um ar ligeiramente gelado. Fechei os olhos e comecei a conversar com Deus, senti as folhas das árvores que estavam a minha frente caírem no chão e rolando ao efeito do vento. Nesse momento Deus me disse que nenhuma folha cai de uma árvore se não for a permissão d’Ele. Abri os olhos e vi muitas folhas juntas encostadas no muro, umas queimadas outras o fogo não havia conseguido consumir antes que lhe enfraquecesse a chama e apagasse.

Comecei a refletir e pensei: assim como essas árvores crescem e tem suas fases de acordo com as estações do ano, também nós somos assim. 

- Vem a primavera e desabrocham novas flores, brotam folhas e a árvore é restaurada. Assim é com a nossa vida, conseguimos muitas coisas com a ajuda de Deus. 

- Depois vem o verão, estação quente, as folhas fortes conseguem se manter vivas e verdes. Nós também estamos bem vestidos e conseguimos conquistar mais uma estação de nossas vidas muito bem. 

- Agora é o outono, todas as folhas caem e a beleza da árvore é deixada para trás, muitas vezes estamos nos deparando com um problema e sabemos que a coisa pode piorar, então tentamos nos preparar com o que temos. Nessas alturas, quase nada mais nos sobra. 

- Chega então o inverno, tempo gelado e frio, a árvore não tem como se proteger. Está sem folhas e seus frutos não estão bons. Então começamos a passar pela estação mais difícil, os humildes que sabem que sozinhos não conseguem buscam auxilio em Deus e Ele nos ajuda. 

Olhei para as raízes que estavam tão fortes que quebraram o chão, e perguntei a Deus: -“Como faço para conseguir raízes assim?”. E Ele me disse: -“Cuidando da árvore com amor e usando as armas contras as pragas que tentam entranhar no interior da árvore. Deve-se regar a muita oração, respirar louvor, alimentar-se da Palavra e combater o mau com jejum.” 

Depois olhei para as folhas que estavam queimadas no chão e continuei a pensar: -“Quando chegar o outono, as folhas secas caem junto com os pecados, algumas vão ser queimadas e nem vou me lembrar que cometia tais erros. Outras, por fim, vão ficar ali ao chão mostrando-se mortas e vão me fazer lembrar bem o que passei, mas já não terão nenhuma vida. No inverno eu descubro que posso suportar a prova sem nada, a única coisa que preciso é de Deus. Depois vem a primavera, as folhas novas chegam junto com alegrias e novas conquistas."

Tudo posso naquele que me fortalece.” (Filipenses 4:13)

6 comentários:

  1. Lindo demais !!!!

    Exxatamente assim... to no fim do outono indo pro inverno mas a esperança que logo vem a primavera me mantem de pe!!! Deus e´´ minha esperança!!!

    Bençao pura esse post!!!

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pela poética postagem...mt bom contemplá-la na primavera do meu dia. (:

    ResponderExcluir
  3. Anônimo27/3/12

    Que benção! Glória a Deus!
    É sentindo na pele que entendemos que com Jesus tudo podemos suportar!
    Texto abençoado!

    Lívia Tavares

    ResponderExcluir
  4. Muito boa colocação Camila.
    Vai ajudar a muitos nas horas de angustias

    ResponderExcluir
  5. Muito bom sua postagem, precisamos de mais poesias e menos viagens na maioneses gospelizadas.

    Que o SENHOR te abençoe!

    ResponderExcluir
  6. Brenda Ribeiro27/3/12

    Fui ministrada ontem com essa mesma palavra através desse vídeo http://vimeo.com/34671588 (Conferência Profética Bola de Neve 2011 - Kevin Leal)
    Gloria a Deus por isso!!!

    ResponderExcluir

Compartilhe conosco a sua opinião e SALGUE também com seu testemunho e comentário. ;)